Select Menu
» »Unlabelled » VAMOS LÁ!!! GRANDE MANIFESTO COM FINALIDADE CHAMAR ATENÇÃO DA JUSTIÇA QUE MANTÉM POLÍCIAS MILITARES PRESO A QUASE UM ANO.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

No próximo sábado (22) um grupo de profissionais de segurança pública promoverão um manifesto com a finalidade de chamar a atenção da justiça ante a prisão de sete policiais e um cidadão civil na “Operação Intocáveis", em Mossoró, os quais se encontram reclusos há 10 meses sob a acusação de integrarem um suposto grupo de extermínio.
Ocorre que desde a prisão dos PMs o número de homicídios não pára de crescer na cidade. Além dos crimes letais intencionais, a população se depara com aumento dos assaltos, inclusive com novas e ousadas modalidades como roubo de carros, latrocínio, arrastões em residências, ataques à prédios públicos (delegacias/bases policiais), viaturas da polícia sendo recebidas a tiros na periferia e até chacina (cinco pessoas assassinadas em um baile funk).


Enquanto isso, os PMs que exerciam dignamente suas atividades profissionais, com residências fixas, todos chefes de família, veem seus recursos parados em razão da morosidade judicial. Já para os criminosos de verdade, durante esse período, foram expedidos aproximadamente 360 alvarás só na Cadeia Pública de Mossoró. Alguns dos meliantes foram liberados, retornaram à cadeia após novas práticas criminosas, já receberam alvará novamente e estão na rua cometendo novos delitos. 
Diante das circunstâncias apresentadas e de tamanha morosidade no tratamento dado a esses homens que por anos dedicaram suas vidas à sociedade, a Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM) convoca seus associados e a sociedade em geral para se fazerem presentes ao ato no próximo sábado, às 09 horas, na Praça Rodolfo Fernandes (Praça do PAX), o qual cobrará a liberdade dos policiais e mais investimentos na segurança pública do Rio Grande do Norte.

Autor Policia 24horas mososoro

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Comentarios

,

,

ADSENSE.

ADSENSE